29 de março de 2010

Sou!


Sou fonte de abismo,
luz ,
escuridão,
sou sombra de verão,

corrompo meus olhares ,
versos ,
fracassos,
ocasiono delicadezas ,
sou sombra de verão.

Renasço a cada quinto ,
sucumbo aos lamentos ,
sou fonte ,
sou prece,
sou quase erosão!
O som que caminha ao silêncio ,
carrega amores e medos
A luz que ilumina meu dia,
transforma sonhos e desejos,

20 de março de 2010

QUERERES

Queria que o mundo parasse,
e eu pudesse olhar,
de dentro pra fora,
pra eu permanecer ,
retroceder ,
caminhar ...

Queria ficar aqui dentro,
e o coração esquentasse a tempo
de te ter aqui por perto,
sem medo ,
sem pressa...

Queria sentir o desejo,
sua carne ,
seu verbo,
pra que amanheça em mim a força de você em mim .

13 de março de 2010

Durmamos ,

e quem sabe um outro dia se apresente,
nos contemple,
envenene;
Quem sabe rascunhe,
fantasie,
relembre,
Quem sabe ,
o tempo passe ,
e não enterre a gente,
e convença a Ele que o amanhã seja diferente !

3 de março de 2010

a face snob de nós mesmos , torna patética a reinvenção de uma vida já aceita