24 de março de 2012

"Já deu minha hora eu tenho que ir pra vida "

"hoje eu quero sair só ... não demora eu tô de volta , vai ver se estou lá na esquina devo estar ,já deu minha hora eu tenho que ir pra vida"(Lenine)

Esperar ,não mais ...
ando com a firmeza de quem já definiu a a trajetória de seus passos,
tenho a coragem de abrir o peito e encarar o meu perfil,
se tenho passos acompanhados ou solitário? não importa mas...
hoje independe a companhia .
Em minha busca incessante por pontos finais, eliminei as reticências dos meus dias !
Se não me encontrar ,não espante-se!
é que fui pra vida, e assim , deixe estar!

4 de março de 2012

Esquece

ele não vai te ligar .
para de a todo instante verificar se o celular possui alguma chamada não atendida ou uma mensagem ainda não vista,

By Juliana Normando
Esquece ele não vai te ligar!!esta possibilidade a cada novo dia se esgota ,
seu telefone não vai tocar,ou até vai ,mas não será quem espera .
Porque tudo já aconteceu, e nós perdemos o nosso time.
mas  o meu coração ainda está quente, e o simples alento de uma possível ligação ele palpita sem cessar;
deixá-lo vazio não é uma possibilidade porque você sempre está por aqui ...e quando a saudade aperta corro para as mais diversas fotos que juntos sempre tivemos.
Em meus sonhos ainda tudo acontece ,fazemos de um tudo , mas quando acordo a minha alma está deserta pois o seu cheiro ainda encontro em mim mas a sua presença se foi com o seu sorriso e olhar que aos meus olhava com tanto fulgor , é nesse instante que me sinto ridícula perante a  imensa saudade que nunca se esvai.
Hoje sei o que sentia e de repente não podemos mais ser dois , e isso é que mais me machuca, talvez não podermos mas nos dar a chance de nos reencontrarmos e assim definitivamente conseguir chegar a um The End.

já teve a sensação de ser observada?

em meu sono , encontrei a respiração ofegante de desejo,fantasia.
e este desejo não deveria existir,
mas sua respiração ofegante despertou minha vaidade,
em ser desejada com tanto vigor!
seu olhar ,que me devorava e te fazia salivar...
sentia como se suas mãos percorressem todo o meu corpo em calor.