28 de janeiro de 2013

Peço Licença aos descontentes mas descarto hoje ....



do centro das atenções,
a saudade alojada em meu peito,
o peso do sentimento severo,
da distância infame
da loucura desconcertante.
Retiro hoje do peito,
o desamor ,
a insolência,
a solidão,
o medo da aventura,
da desventura.

Retiro hoje de meu peito,
a infelicidade.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita , e sinta-se a vontade para comentar!