29 de abril de 2014






Vixe , !!!
Acho que foi engano...
 pensei ter entendido meu coração mas ele na malandragem, se aliou ao seu...
 pra acelerar ,
 pra sangrar,
remoer,
adormecer...
Perigosamente ele viveu ,
 sem se dar conta de sua leviandade,
 de sua entrega,
de suas esperas...
Ele que sem respeito se deu,
 sofreu sem se importar com o fracassado ser ao qual habita ,
 o deixou dilacerado ,
 sem chão ,
 sem espaço ,
 vazio.
Quem falhou fui eu ,
 em sentir o amor por inteiro ,
 em doar parte desse meu coração que batia por ti descompassado,
 ah "coração leviano",
 de tão  ingrato ainda atreve-se a apaixonar—se novamente .


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita , e sinta-se a vontade para comentar!