7 de julho de 2008

DIFERENÇAS


Sou uma romântica velada em voz , e descarada na escrita...
Mas como ser assim com o sexo igual , sem transparecer desejo carnal ,
Amo amigos e amigas , não como amores e amantes ,
Enxergo sempre com os olhos do meu coração sangrado ,
Sinto o calor da pureza cristalizada ,
Onde estou a morar em castelos sem vidraças ,
Em que o escudo do meu olhar se dissipa,
E explico-me sempre , com a clareza desconexa dos acasos;
Sentidos contrário a mim ,
Esbravejam insanidades sem fim ,
Forças se escondem ,
Verdades se expôem ,
Gritos no silêncio de um olhar me repreendem ,
Anúncios e prelúdios nos denunciam ,
Sou talvez ,
Sussurros de absurdos corretos ,
Abstinência de compahia ,
E a satisfação da alegria ,
Amigos iguais ,
Amigos normais
Que diferença isso faz ,

Um comentário:

  1. Nêgo que enrustiu, não separa os iguais......

    Este texto seu dá uma canção. Linda....

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita , e sinta-se a vontade para comentar!