8 de maio de 2009

Em meus 25 anos


Outro tempo começou ,
e nesta minha vida de preparação , sempre , sempre , me faz olhar pra traz.
Não por retrocessos ,mas acredito que por afirmação , pois ocasiona - me inspirar a sempre ser mais , mesmo que pequeno seja o desejo .
Em meus 25 anos, percebo a ausência de ansiedade pela pressa das coisas ,
aprendi com isso a "chupar" cada novo céu bem devagarinho para que na memória eu mantenha sempre seu sabor fresco .
Sei que os caquinhos de cada decepção ninguém colará se não eu ,
Que sons de sim também significam sons de não,
que com o tempo os medos só aumentam ,
Hoje, se estou sozinha ...
não penso no que os outros pensam ,
descobri que a felicidade vem em frações de momentos ,
Sei sorrir mesmo estando triste,e se preciso chorar também sei fazer muito bem !
Possuo o coração vazado e acarinhado pela saudade ,
Preservo uns poucos amigos e ainda exijo atenção dos poucos,
Sinto que ainda é cedo para um monte de coisa e que nunca é tarde de mais para outras,
Ainda fico feliz com pequenos mimos feitos a mim como se criança fosse,
Me subtraio e me adiciono em outras ,
E sempre tenho um largo sorriso a oferecer ,
Não me mostro para talvez sarar grandes dores,
E como tantas outras já sinto saudades dos meus 20 , 18 , da minha infância !

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita , e sinta-se a vontade para comentar!