22 de agosto de 2010

AMORES QUASE SEMPRE PERFEITOS


O amor visceral,

Que chega em uma voz que excita,

o corpo treme,

os olhos brilham,

O amor de tantos modos,

Com estórias divertidas ,

que liga ,

que desliga,

que explica ,

que tudo é um vício,

O amor de modos tantos,

Com risos ,

sem motivo ,

que corre sem prejuízo a quem queira ..

O amor de detalhes ,

que se escondem por trás da alegria,

que se esmorece ao morrer,

Quando se torna adubo para o próximo amor do dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita , e sinta-se a vontade para comentar!