26 de junho de 2008

Mãe

Foto: Rosa Eugênia






Post ,inaugural ... e tinha de ser pra ela ... minha Deusa !! Mamãe Maria Rosa !!







Tornastes como um meio entre meu começo e o meu fim ,

e cada passo que teimo em dar ,

preciso saber se aprovarias ,

e fico num empasse ,

às vezes, ouço àquela voz que esbraveja em meus sonhos

e outras penso que estou alucinada e desisto de seguir .

Não é fácil não pensar em você,

é extranho,

ouvir sua voz sempre me acalmou ,

e não tê-la por perto me adverte.

O engraçado é que depois de tanto tempo ,

isso ainda faça parte do meu ser vivente,

e que , ainda machuque tanto .

Mas ao mesmo tempo fico feliz em saber que não te esqueci,

que lembro de cada gesto,

olhar de amor ou até de repreensão ,

com isso , acredito mais e mais ,

que fomos abençoadas ao "nascermos"pra vida juntas ,

pois é esse pesar que me faz estar sempre contigo,

em meus pensamentos trágicos,

aliviadores,

nostálgicos,

felizes.

Nesse dia de tanta dor ,

ao menos restou-nos essa recompensa ,

e que , sem perceber ,

nos uniu ainda mais .

2 comentários:

  1. Texto lindo, como sempre!
    Pode ficar tranquila, que de onde mamis estiver, estará olhando por ti.

    ResponderExcluir
  2. Senti amor e amor lendo esse texto.Abençoada ELA e VOCÊ Rosinha,pois o amor é eterno,ele ultrapassa qualquer barreira que humanamente colocamos.Com certeza sua mãe está contigo a todo instante.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita , e sinta-se a vontade para comentar!